Residências Artísticas

Forte

2020 - 27º Porto Alegre em Cena

 

A residência artística FORTE é uma convocação a um espaço integrado por ação, observação e composição cênica, considerando possibilidades diversas de ressoar performatividades insurgentes no encontro entre trajetórias que cruzam as cidades de Fortaleza e Porto Alegre: artistas, memórias e suas forças.

 

Residentes: Andréia Pires, Andrei Bessa, Carina Levitan, Gyl Giffony, Julha Franz, Lucas Galvino, Mailson Fantinel, Rita Rosa Lende, Robson Lima Duarte, Sissi Betina Venturin e Wellington Fonseca.

Habitat - Ano II

2019 - Centro Cultural Belchior

Nessa segunda edição do HABITAT, a residência ganha outro formato, menos dividida por módulos e mais atenta à diversidade, à multiplicidade e  à criação daquelas pessoas que formavam o diverso grupo selecionado. Aqui contamos também com artistas da área da música e cinema, além das artes da cena. A motivação do processo se deu por meio da pergunta:  O que podemos fazer agora?

 

Como fruto da residência, o espetáculo performativo PANDEMÔNIOS teve colaboração de todos os participantes na composição.

 

Residentes: Álvaro Renê, Ana Vitória, Ariza Torquato, Arquelano, Carlos do Valle, Cozilos Vivos, Daniele Teotônio, Felício da Silva, Felipe Querino, Georgea Nara, Iole Godinho, Isabelle Castro, Jane Malaquias, Jônatas Joca, Melindra Lindra, Milza Gama, Phelipe Cruz MuMu, Rafael Abreu, Sol Moufer e Tayana Tavares

Pessoas cavando seu próprio fim

2016 - Porto Iracema das Artes

Um coletivo reperforma o roteiro do espetáculo PRA FRENTE O PIOR em uma via pública, por 3km, durante 150mins.

Uma partilha de exercícios e procedimentos estabelecidos pela Inquieta Cia. na pesquisa "Um corpo em final de festa", dentro do Laboratório de Teatro do Porto Iracema das Artes. 

Passo a passo, um coletivo arranha um percurso adiante. Sempre adiante.

Habitat de Atores

2014 - Escola Vila das Artes

Reunindo 20 pessoas que trabalhavam no campo das artes cênicas por meio de uma seleção, gerou-se um processo de formação e pesquisa, dividido em 5 módulos, durante 7 meses.  Ao final, foram realizadas três montagens coordenadas por membros da Cia.: 

"ENTRE", "PROMETEU" e "8 MILHÕES DE HABITANTES".

 

Residentes: Amália Morais, Beethoven Cavalcante, Edicleison Freitas, Edneia Tutti, Guilherme Bruno, Karine Chaves, Ligia Cidade, Lucas Galvino, Luis Carlos Shinoda, Lukas Nóbrega, Maria Isabel, Maurício Rodrigues, Maurileni Moreira, Rodrigo Ferrera, Tatiane Sousa, Victor Abreu, Vini Fernandes, Wellington Fonseca e  Wellington Gadelha